Indústria 4.0: O que é?

O avanço da tecnologia tem o potencial de revolucionar o nosso cotidiano, oferecendo soluções importantes para o desenvolvimento de diversas áreas, como a mobilidade urbana, a agricultura e a indústria. A introdução da digitalização à atividade industrial resultou no conceito de Indústria 4.0, a “4ª revolução industrial”, caracterizada pela integração e controle da produção a partir de sensores e equipamentos conectados em rede e da fusão do mundo real com o virtual.

Esse novo conceito engloba a inteligência artificial, robótica, veículos autônomos, impressão em 3D, nanotecnologia, biotecnologia, armazenamento de energia, computação quântica, entre outras. Um ponto comum a todas essas tecnologias é a troca de informações através do que convencionou chamar de internet das coisas, permitindo a comunicação entre um número ilimitado de dispositivos.

Com isso, máquinas, ferramentas e insumos “conversam” ao longo do processo de forma relativamente independente e integrada. Dispositivos situados em diferentes locais trocam informações de forma instantânea, permitindo uma logística até então impensável. Entretanto, o conceito de Indústria 4.0, vai além da integração dos processos de produção e distribuição, envolve, também, todas as diversas etapas, desde o desenvolvimento de novos produtos até o pós-venda.

Assim como ocorre em outros países, no Brasil a difusão das tecnologias associadas à Indústria 4.0 não deverá atingir os setores da mesma forma e nem ao mesmo tempo. Poucas empresas estarão preparadas para enfrentar todas estas mudanças de uma vez. Por outro lado, é possível contribuir para o aumento da digitalização no país promovendo a infraestrutura digital, investindo e estimulando a capacitação profissional.

Fonte: CNI

By | 2018-07-26T15:23:07+00:00 26 de julho de 2018|Categories: Notícias|0 Comments

Leave A Comment